Turismo Cidadão levará crianças e adultos para conhecer monumentos de Brasília


Iniciativa tem objetivo de disseminar a história da capital do país

Crianças, idosos e deficientes físicos visitaram pela primeira vez, nesta quinta-feira (10), os monumentos históricos de Brasília durante o lançamento do "Turismo Cidadão". O programa foi apresentado pelo secretário de Turismo, acompanhado da primeira-dama do Distrito Federal, Ilza Queiroz, e dos secretários de Educação, do Idoso e de Transferência de Renda.

Segundo o secretário de Turismo, Luís Otávio Neves, cerca de 62% da população do DF não conhecem os monumentos da cidade. "Essa é uma ação de promoção da cidadania e não tenho dúvidas que, após participar do programa, eles difundirão o que viram e aprenderam e formarão uma cadeia de divulgação da nossa cidade", enfatizou.

O "Turismo Cidadão" é focado no turismo cívico e possibilitará o resgate da memória política do país, incentivará o patriotismo, além de despertar o orgulho pela cidade que é capital de todos os brasileiros e patrimônio da humanidade. Tudo isso, por meio de um passeio guiado e estruturado de forma didática e lúdica, para conhecer os monumentos e a história de Brasília. Inicialmente, o programa será voltado exclusivamente para crianças, idosos e deficientes físicos.

Uma das estudantes presentes no passeio inaugural, Leila de Andrade, 10 anos, ficou impressionada com o que viu. "Gostei dos prédios, que são bem diferentes, e da bandeira. É muito bonito, assim que eu chegar em casa eu vou falar para os meus pais como foi o passeio e que eu gostei muito daqui".

Dois ônibus com acessibilidade fazem o transporte dos participantes. Em cada parada, um guia explica o significado do local, seu funcionamento e curiosidades. A expectativa é atender a 25 mil pessoas até o final do ano.

Todos os participantes receberam uma cartilha ilustrada pelo cartunista brasileiro Ziraldo e com conteúdo elaborado pela Secretaria de Turismo, feita também em versão braile. Além da história da capital federal, a cartilha apresenta o papel dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário e a importância do título de Patrimônio Cultural da Humanidade concedido pela Unesco, que é uma das parceiras desse programa.

O criador do Menino Maluquinho, Ziraldo, também esteve presente no evento e destacou que ilustrar a cartilha do DF foi um dos trabalhos mais gratificantes que já realizou. "Essa ideia de trazer as crianças para conhecer e se orgulhar da cidade que eles habitam é muito importante e eu tenho certeza que vai dar certo", declarou.

Os professores das escolas públicas do Distrito Federal serão capacitados e receberão cartilha de orientação sobre o roteiro, metodologia, linguagens, ciências da natureza, ciências humanas e informações sobre os monumentos da cidade. Assim, eles poderão trabalhar em sala de aula o conteúdo abordado durante a visita guiada.
Compartilhar

Por: SAC Sistema Alternativo de Comunicação

0 comentários:

Postar um comentário