Arrecadação federal bate recorde histórico e atinge R$ 123,6 bilhões em janeiro

RECURSOS PÚBLICOS

Aumento real foi de 0,91% em relação a igual mês do ano passado e superou janeiro de 2013, quando arrecadação somou R$ 122,54 bilhões

A arrecadação do governo federal bateu recorde histórico para todos os meses de janeiro, alcançando R$ 123,66 bilhões no mês passado, informou a Receita Federal nesta terça-feira (25). A soma representa aumento real (descontada a inflação) de 0,91% em relação a igual mês do ano passado, superando o recorde de janeiro de 2013, quando a arrecadação foi de R$ 122,54 bilhões. 

Segundo a Receita, a alta foi puxada pelo pagamento feito pelas empresas da primeira cota, em alguns casos da cota única, do Imposto de Renda Pessoa Jurídica e da Contribuição Social Sobre Lucro Líquido (CSSLL) relativa ao último trimestre do ano passado. 

A Contribuição Social sobre o Lucro Líquido incide sobre o lucro líquido do período-base, antes da provisão para o Imposto de Renda, e é devida pelas pessoas jurídicas e entes equiparados pela legislação do Imposto de Renda, destinando-se ao financiamento da Seguridade Social. 

Como previu o ministro da Fazenda, Guido Mantega, em entrevista a jornalistas e analistas internacionais na sexta-feira (21), as receitas com arrecadação indicam que o governo terá recursos para alcançar a meta de superávit primário de 1,91% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2014. O superávit primário é a economia que o governo faz para o pagamento de juros da dívida pública.
Compartilhar

Por: SAC Sistema Alternativo de Comunicação

0 comentários:

Postar um comentário